Mobile Marketing, desafio ou oportunidade?

O número de usuários de smartphones cresce ano após ano, e muitas pessoas possuem mais de um aparelho para uso pessoal e profissional. Esse fenômeno foi deflagrado em janeiro de 2007, quando Steve Jobs subia ao palco do Moscone Center, na cidade de San Francisco, para anunciar um produto revolucionário que iria mudar os rumos da indústria de tecnologia dali por diante.
E, de fato, a Apple deu vida a algo que se tornaria muito maior do que um simples produto. Com o iPhone, os telefones celulares se transformaram em smartphones e o comportamento de consumo mudou completamente.
Hoje, praticamente tudo está acessível através de um smartphone ou tablet, desde a abertura de um e-mail e visita a um website, até a leitura de conteúdo. Essa funcionalidade levou o consumidor a ficar muitas horas conectado a dispositivos móveis. Tamanha é a dependência que originou-se uma nova condição médica, a nomofobia.
Diante desse cenário parece óbvio que o marketing das empresas deve estar atento a este novo (já nem tão novo) comportamento, certo? Errado! Muitas empresas sequer têm uma boa estratégia digital, quem dirá um plano para mobilidade. Aí está o problema, o Mobile Marketing é mais que um desafio, é uma oportunidade para qualificar o trabalho e aumentar o resultado.
Trata-se da estratégia que busca interagir, relacionar e influenciar um determinado público por meio das funcionalidades dos dispositivos que eles mais usam: celulares, tablets e outros aparelhos.
Investir nessa estratégia é essencial para empresas que querem se destacar no mercado. E vale ressaltar que o uso da tecnologia mobile para empresas está nas diversas etapas produtivas, que vão desde a análise das vendas, a localização de vendedores e técnicos em campo, o acesso às informações e o envio rápido dos dados — tudo isso em tempo real e evitando ao máximo erros primários e o retrabalho.
Mas, voltando ao marketing, confira algumas formas de explorar a tecnologia mobile:

Segmentação regional

O Mobile Marketing permite segmentar os anúncios de acordo com a localização do usuário. Isso é muito importante para negócios locais, como bares e restaurantes, onde o ideal é atrair apenas usuários que estejam próximos do estabelecimento comercial.

SMS Marketing

Esta é uma das primeiras estratégias de mobile marketing a ser explorada pelas empresas e ainda é uma das mais importantes. A principal vantagem do SMS Marketing é que ele possui uma taxa de abertura de mensagens muito grande, chegando próxima dos 98%.

Bluetooth Marketing

O Bluetooth Marketing, ou Marketing de Proximidade, usa da funcionalidade do Bluetooth dos aparelhos mobile para compartilhar arquivos multimídia com as pessoas para informar sobre produtos e serviços.

Páginas responsivas

Garantir que o usuário consiga visualizar corretamente a página de sua empresa é indispensável para sua estratégia, não apenas de mobile marketing, mas de marketing digital de uma forma geral.

QR Code Marketing

O QR Code é um código de barras em 2D, através do qual o usuário de smartphone utiliza a câmera para a fazer a leitura do código e ser redirecionado para uma outra página. Com ele é possível estender o alcance de sua estratégia de marketing tradicional, direcionando os clientes de sua empresa para qualquer endereço da internet de forma rápida e segura.

Autor do post: Danielle Fuchs, consultora de marketing parceira da Florença





Você gostou? Compartilhe com seus amigos